Glossário dos termos mais comuns no mundo das velas

Ácido esteárico
Usado como aditivo para conferir mais resistência ás ceras e melhorar a queima.

Adesão de Vidro (Wet Spots)
Quando a cera se descola (não adere) ao vidro. Só visível em copos transparentes. Muito comum. Problema meramente estético. Não afecta performance da vela.

Aditivo
Uma substância misturada com cera para melhorar as suas qualidades de combustão ou alterar as suas propriedades. Os aditivos podem incluir vybar, ácido esteárico ou inibidor UV, citando alguns.

Afterglow (brasa remanescente)
A luz emitida após a apagar a chama. Um pavio pode tender a "brilhar" e a queimar ligeiramente mesmo depois de ter sido extinto.

Aumentar tamanho de pavio (Wick Up)
Para usar um pavio de tamanho maior dentro da mesma série. Por exemplo: passar de um Stabilo-8 para um Stabilo-10

Barra de suporte de pavio
Uma pequena barra de metal usada ao fazer velas para estabilizar um pavio no topo de uma vela.

Buracos vazios (sink holes)
Grandes buracos ou crateras deixadas na superfície de uma vela de soja depois de ter arrefecido completamente. Isto é causado por bolsas de ar que estão presas na cera enquanto está a arrefecer. Afecta a queima d vela e têm de ser evitados.

Carga de fragrância (Scent Load)
O termo é definido como a percentagem de fragrância apenas em relação à massa de cera. Então, numa vela de 220g (rede), uma carga de fragrância de 10% significaria que a vela contém 20g de óleo. Os restantes 200g seriam cera/base. Mais informações aqui.

Cera de palma
Uma cera resinosa vegetal feita de óleo de palma. Uma cera de queima limpa que é uma alternativa natural à parafina.

Cera de parafina
Feita a partir de um sub-produto resultante da extracção de petróleo refinado; cera mais usada na produção de velas.

Cera não queimada nas laterais do copo (Hang-Up)
Cera não queimada que permanece na parede das velas do jarro quando a vela terminar a queima.

Ciclo de queima (Burn Cycle)
Acender uma vela durante 4 horas , apagar e deixá-la arrefecer. Este processo é utilizado para avaliar o desempenho do pavio e calcular o tempo de queima.

Cogumelos (Mushrooming) ou borrões
Visto no topo de uma vela com pavio, esta é uma pequena quantidade de carbono causada por combustão incompleta. Muitas vezes o tamanho errado do pavio, aditivos na cera ou % errada de fragrância contribuem para este problema.

Conteúdo de fragrância (Content load)
O termo é definido como a percentagem de fragrância em relação à massa total da vela. Assim, numa vela de 220g (peso líquido), um teor de fragrância de 10% significaria que a vela contem 22g de fragrância. Os restantes 198g serão cera/base. Mais informações aqui.

Corante Líquido ou Corantes Sólido
Ingredientes usados para dar cor à cera.

Coreless
Usado para se referir a pavios, isto indica que não há material do núcleo do pavio

Cura
Tempo para uma vela estabilizar para ajudar a melhorar a capacidade de libertar uma fragrância. A parafina não necessita de cura, só as velas vegetais.

Difusão a frio (HT-Hot Throw)
Termo usado para descrever a intensidade da fragrância antes de uma vela antes de ser queimada pela primeira vez. Esta avaliação depende do tipo de cera que está a usar.

Difusão a quente (CT-Cold Throw)
Termo usado para descrever a intensidade da fragrância enquanto uma vela está acesa. Esta avaliação é normalmente feita depois da vela estar acesa há pelo menos 2 horas, mas não mais do que 4.

Diminuir tamanho de pavio (Wick Down)
Para usar um pavio de tamanho menor, mas dentro da mesma série. Por exemplo: passar de um Stabilo-10 para um Stabilo-8.

Duplo enchimento
A parafina e algumas ceras vegetais precisam de um segundo enchimento porque contraem muito e criam superfícies não uniformes.

Efeito de Túnel (Tunneling)
Quando o pavio arde diretamente no centro de uma vela sem criar uma piscina de derretimento completa. Isto é mais frequentemente causado pelo pavio ser muito pequeno para o recipiente. Erro a evitar. Afecta a performance da vela queimando inadequadamente.
em torno da mecha no exterior do molde.

Estabilizador UV
Um aditivo utilizado para evitar o amarelecimento ou descoloração quando uma vela é exposta a raios UV ou iluminação fluorescente.
Fazer furos para libertar bolsas de ar
Buracos feitos em velas para libertar bolsas de ar que podem formar-se em resultado de arrefecimento rápido da cera. Furar e voltar a vazar cera líquida para enchimento.

Fragrância
Uma mistura de componentes sintéticos e/ou naturais utilizados para criar óleo perfumado.

Frosting
Estrutura cristalina branca que se forma na superfície de ceras naturais como a soja. Também referido como bloom. Isto ocorre normalmente com velas de cera de soja. Pode reduzir a este efeito despejando a cera para as velas entre 43 e 46 graus (mais fria que o normal) Problema só estético. Não afecta performance da vela.

Linhas de Salto (Jump lines)
As linhas visíveis não intencionais nas laterais de um recipiente ou vela de pilar. Estes são frequentemente causados por vazar a cera a uma temperatura demasiado baixa ou vazar num copo/recipiente frio. Só visível em copos transparentes. Quando isto ocorre, a cera está a contrair-se (arrefecer) e a solidificar muito rapidamente.

Moldes perfumados
Uma pequena porção de cera perfumada usada num queimador. Pode ser feito em várias formas com moldes.

Mottling
Um efeito de superfície na cera que tem uma aparência do tipo floco de neve. MSDS (Ficha de Dados de Segurança dos Materiais). Fichas de informação de segurança do produto preparadas pelos fabricantes e comercializadores de produtos.

Núcleo
Pode ser núcleo de um pavio
( ver acima ) 
Pode ser núcleo de uma vela. Os fabricantes usam muito núcleos de parafina sem cheiro para fazer o enchimento de uma vela e diminuir custos, no entanto também diminuem qualidade. O Núcleo pode ser também utilizado para fazer referência ao material interno de um pavio pode incluir, algodão ou papel).

Óleo essencial
Um óleo derivado de uma substância natural (material vegetal, flores, folhas, madeira, ervas).

Overdip
Revestir uma vela acabada com uma cera alternativa para colorir ou outros efeitos.

Flutuador (vela flutuante)
Uma vela rasa com uma base significativamente cónica que flutuará na água.

Fragrância sintética
Fragrância feita em laboratório ao contrário de óleos naturais.

Pavio com suporte
Um comprimento pré-cortado de pavio com um suporte em alumínio preparado para colocação em recipiente.

Piscina
Esta é a camada líquida de cera que se forma à medida que a vela queima.
Ponto de fusão
A temperatura a que a cera fica quente o suficiente para transformar de um sólido em líquido.

Ponto de inflamação (Flashpoint)
A temperatura a que uma substância pode inflamar-se se entrar em contacto com uma chama ou faísca aberta.
Queima forçada (Power burn)
O ato de queimar uma vela por mais de 4 horas, muitas vezes mais de 8 horas. Teste de resistência de materiais e simulação de condições extremas. Só com supervisão.

Queimador de moldes perfumados (Wax Melt Burner)
São queimadores próprios para moldes perfumados, com altura superior aos queimadores de óleos e que é aquecido por velas de chá no compartimento próprio.

Taper
Uma vela alta e fina que se torna mais delgada na extremidade ardente. Um suporte para velas deve ser utilizado com este tipo de vela.

Temperatura de transição
A temperatura a que a cera passa de líquida a sólida ou vice-versa, quando passa de sólida a líquida.

Temperatura de vazão (Pour temperature)
Temperatura ideal para vazar a cera perfumada/colorida no recipiente ou molde.

Temperatura mistura
A temperatura para adicionar cor e fragrância à cera derretida, idealmente esta será de 85ºC mas verifique sempre as instruções e indicações de uso do fabricante da cera escolhida.

Vela de gel
Normalmente vela translúcida que é feita a partir de um produto à base de óleo mineral.

Vela Hurricane
Vela com exterior revestido de cera com ponto de fusão superior ao da vela interior (não queima). Para funcionar tipo candeeiro. A parte interior pode ser queimar e ser substituída.

Vela pilar
Uma vela feita a partir de um molde e destinada a ser queimada sem estar dentro de nenhuma superfície. Só com base de apoio ou candelabro.

Viscosidade
A viscosidade é a capacidade de um fluído resistir ao fluxo. Ketchup ou mel têm uma alta viscosidade. Leite ou sumo têm uma baixa viscosidade.

Vybar
Um polímero usado principalmente para ajudar na retenção de fragrância, também aumenta a opacidade e aumenta a cor. Uma alternativa moderna ao ácido esteárico.

Se tiverem mais sugestões para adicionar ao nosso glossário, partilhem connosco! 📧